A relação de dados com inovação para negócios

Você conhece a relação de dados com inovação? Se a resposta for não, então você e seu negócio precisam começar a correr atrás do prejuízo, caso contrário, não existe futuro para sua empresa e ela está fadada a ficar obsoleta.

Entenda mais sobre essa correlação e porque ela é fundamental para negócios que querem continuar crescendo, se tornando disruptivos – especialmente no que se tange a relacionamento com o cliente e sua experiência.

Qual a relação de dados com inovação?

Desde os primórdios da humanidade, o homem sempre buscou associar riqueza a bens materiais. O ouro, sempre foi a principal moeda de troca e até hoje é importante, sendo uma reserva de emergência para países e pessoas.

Porém, a sociedade está se transformando e em ritmo cada vez mais acelerado. Estamos passando pela 4ª revolução industrial, onde a palavra de ordem é tecnologia, inovação e digitalização. Com isso, os dados se tornaram o ouro digital do século XXI.

E a relação de dados com inovação, é algo praticamente intrínseco, quase como gêmeos siameses. Não existe maneira de ser um negócio inovador, sem o poder do conhecimento e entendimento de mercado, que apenas os dados podem oferecer.

Eles são tão importantes e cruciais, que países ao redor do mundo inteiro estão fechando o cerco e criando mecanismos de proteger as informações de seus cidadãos. Aqui no Brasil, em 2018, entrou em vigor a LGPD – Lei Geral de Proteção de dados, que visa regulamentar a captação, tratativa e armazenamento de dados, especialmente de pessoas físicas.

Essas informações, são essenciais para a capacidade de transformação de qualquer empresa. Serviços, atendimentos, produtos e novas criações, tem uma dependência gigantesca desse ouro digital, para serem produzidos, melhorados e colocados no mercado.

Com isso, é possível obter:

  • insights dos reais problemas e dores de seu público-alvo;
  • oferta de visualizações rápidas de testagens de novos produtos e serviços;
  • tendências e reações do mercado, entre outras coisas.

Porém, é preciso cuidado e muita atenção

Todos conhecemos aquele velho ditado: tudo que é demais, sobra. E com o ouro digital, isso não é diferente e precisa fazer parte do entendimento da relação de dados com inovação. A sobrecarga de informações, torna o julgamento nublado e intoxicado, levando a um resultado oposto do desejado.

Em contrapartida, temos as autoridades fechando cada vez mais o cerco em relação a captação e uso indiscriminado desses dados. Muitas empresas tomaram multas altíssimas e caíram na temida lista da LGPD.

Portanto, antes de sair em uma corrida desenfreada para captar dados e fazer suas tratativas, é preciso compreender quais métricas são estritamente necessárias para a digitalização do seu negócio e melhora de indicadores. Feito isso, os clientes precisam estar cientes e de acordo com a captação de suas informações, assim como para quais fins serão usados.

Logo, a relação entre dados e inovação é inerente, desde que usada com sabedoria. Continue tendo acesso a mais conteúdos e se mantenha atento as novidades do mercado. Acesse nosso blog e acompanhe nossas atualizações.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *